Web-FerroMHnegativo.jpg (5735 octets)      Coudelaria M. Heleno - Haras Biarritz      Web-Piaf MH1.jpg (8969 octets)

  Artigo 018
Home Index

Voltar à página Imprensa            Retour a la page La Presse            Page The Press

Notas soltas

 

Êxito do 1º curso

“Julgar Modelo e Andamentos"

nos dias 22 e 23 de Março

 

Teve um enorme sucesso a iniciativa dos Criadores e Proprietários de Puro Sangue Árabe, organizando o curso “Julgar Modelo e Andamentos”. Deveriam ser só 15 a 20 participantes. Eram 30, e muitos foram aqueles que já não se puderam inscrever por falta de vagas

 

A ideia surgiu na 3ª Reunião de Criadores e Proprietários de Puro Sangue Árabe e desde logo foi entusiasticamente apoiada por unanimidade, tomando os presentes a responsabilidade dos custos.

Restava escolher um local. Uma vez mais foi encontrado, na pessoa do Senhor Dr. Mário Barbosa, o acolhimento ideal e o seu sempre desejo de colaborar em tudo o que pode contribuir para o progresso da criação cavalar portuguesa.

Assim, ficou decidido que o seminário se realizaria na Coudelaria Nacional, que amavelmente pôs à disposição dos organizadores um anfiteatro, o picadeiro e numerosos cavalos para serem “julgados”.

 

As suas principais finalidades eram a de preparar novos juízes e a de tornar os julgamentos mais homogéneos, evitando discrepâncias que dependem de critérios indubitavelmente honestos mas por vezes ultrapassados. Efectivamente, se um julgamento desta natureza não tem nem pode ter a precisão de uma operação matemática, pode e deve reger-se por princípios base internacionalmente reconhecidos, que evitam por exemplo que um juiz dê um 9 a um animal com 4 sobrecanas enquanto o outro juiz o gratifica com um 18, por achar que aquele defeito não é a penalizador em provas de Modelo e Andamentos !

 Como conferencista foi escolhido o Senhor Alain James, que leccionou um pouco por todo o Mundo. Director das Relações Internacionais dos “Haras Nacionaux Français”, Juiz Internacional, antigo Director de vários “Haras Nationaux”, Presidente da “Commission de Concours Complet en France”, foi o obreiro do importante “Mondial Jeunes Chevaux – CCI du Lion d’Angers”, etc.

Muito claro nas suas explicações e extremamente modesto, cativou rapidamente a assistência, que lhe manifestou a sua admiração.

 O curso teve uma duração de 2 dias. De manhã, no anfiteatro e com a ajuda de uma projecção de diapositivos ou filmes, foi dada a parte teórica. De tarde, no picadeiro bem decorado, teve lugar a parte prática, em que a assistência participava examinando os animais bem apresentados pelos funcionários da Coudelaria Nacional, dando as suas notas, comparando-as com as sugeridas por Alain James e por vezes discutindo-as amigavelmente. Ao fim da tarde voltava-se ao anfiteatro onde, com a ajuda do filme feito durante o “julgamento”, se esclareciam as razões das notas.

As muitas intervenções dos espectadores foram a melhor prova do interesse do curso, que no dizer de todos foi de grande utilidade. Tão grande que, desde já, foi solicitado um novo seminário sobre o mesmo assunto, o que terá provavelmente lugar brevemente, dada a importância que reveste um bom julgamento.

Com efeito, um concurso de Modelo e Andamentos bem julgado é uma prova muito importante e de grande interesse para orientação dos Criadores na selecção de reprodutores, tendo portanto uma influência considerável na qualidade da criação cavalar nacional. Por isso, a organização deste seminário insere-se numa série de medidas que têm por finalidade aumentar o interesse geral pelos concursos de Modelo e Andamentos, tornando-os mais homogéneos e credíveis. Aquelas iniciativas começaram pela compilação de um Regulamento Nacional de Concursos de Modelo e Andamentos, que já foi homologado pelo Serviço Nacional Coudélico. Em continuação, os Criadores e Proprietários de Puro Sangue Árabe procederam à elaboração de uma lista de juízes, bem como ao recrutamento de candidatos a juízes para a raça. Estes vão começar a praticar dando notas nos concursos, sob a orientação de um Juiz (não influenciando portanto a classificação). Seguir-se-á a publicação de um “breviário” de orientação aos juízes de todas as raças. Estas acções são acompanhadas, no Puro Sangue Árabe, de provas desportivas de selecção (ensino, cross e resistência), que se disputam em Outubro de cada ano na Fonte Boa, e que também têm como objectivo contribuírem activamente para a selecção dos melhores reprodutores, elementos essenciais para o prestígio dos cavalos nascidos em Portugal.

 É dever exteriorizar aqui os vivos agradecimentos dos organizadores ao Senhor Alain James, que se deslocou a Portugal “pela carolice”, sem solicitar quaisquer honorários. Para lhe manifestar reconhecimento foi-lhe oferecido por todos os participantes o bonito livro de Manuel Carlos de Andrade, “Luz da Liberal e Nobre Arte da Cavalaria”, bem como um par de estribos de caixa decorados com o escudo real, e um Vintage.

Quando da entrega do livro, Manuel Heleno lembrou que, se Manuel Carlos de Andrade o tinha escrito em 1790 depois de La Guèrinière ter redigido em 1733 a celebre “Ecole de Cavalerie”, o nosso rei Senhor Dom Duarte tinha publicado no século XV a “Ensinança de Bem Cavalgar Toda a Sela”, considerada o primeiro tratado europeu da especialidade.

 

 


Legendas das fotografias

 

Fotografia 1 – O conferencista Senhor Alain James, expôs a teoria durante as manhãs

 Fotografia 2 – No primeiro dia de tarde foi estudada e notada a configuração de cada animal apresentado

 Fotografia 3 – No segundo dia de tarde foram estudados e notados os movimentos dos animais apresentados à mão ou montados 

 

Voltar à página Imprensa            Retour a la page La Presse            Page The Press

 

Home Index