Web-FerroMHnegativo.jpg (5735 octets)      Coudelaria M. Heleno - Haras Biarritz      Web-Piaf MH1.jpg (8969 octets)

  Artigo 015
Home Index

 

Voltar à página Imprensa            Retour a la page La Presse            Page The Press

 

Notas soltas

 

Uma data histórica:

Recomeçaram as Provas Testes de Selecção

de Reprodutores PSA, na Fonte Boa

 

Foi no dia 31 de Outubro que foram organizadas na Coudelaria Nacional (Fonte Boa), Provas Testes de Selecção de Reprodutores PSA, para machos e fêmeas de 3, 4, 5 e 6 anos.

 Estas provas, que se revestem do maior interesse para o futuro da Raça Árabe no nosso País, por enquanto não são obrigatórias para os reprodutores e têm como principal finalidade dar a conhecer aos criadores (ou proprietários), o valor de cada animal, sendo gratificados com o prestígio de terem submetido a sua produção cavalar aos referidos testes. Nas provas para os 5 e 6 anos os melhores animais recebem o diploma e o título de “Reprodutor Elite”, nas provas para os 3 e 4 anos o diploma e o título de “Reprodutor Testado”.

 

Mas, vejamos sumariamente a origem destas provas.

Tendo sempre considerado que o Árabe tem outras qualidades além da beleza, que pode e deve ser utilizado como qualquer outro cavalo por não lhe ser inferior, e atendendo a que o mais bonito dos cavalos sem aptidão funcional serve apenas para entretimento, os responsáveis pela raça PSA tudo fizeram para preservar simultaneamente as qualidades estéticas, mentais e atléticas da mais antiga e prodigiosa das raças conhecidas.

Esta preocupação, que foi responsável pela grande qualidade da criação de Cavalos Árabes em Portugal, levou as autoridades oficiais a, desde 1934 e até 1972, procederem a uma selecção dos reprodutores extremamente severa e sem precedentes.

Assim, para testar o valor real dos animais, a Coudelaria Nacional fazia uma primeira selecção dos poldros e poldras aos 3 anos, e dos garanhões aos 6 anos, só admitindo como reprodutores os cavalos que obtivessem uma nota satisfatória na arvore genealógica, no modelo, nos andamentos e nas provas funcionais. Estas, na sua fase mais dura, eram constituídas por:

- um cross de 3.000 m com 15 obstáculos, até uma altura máxima de 1,20 m, a percorrer à velocidade mínima de 600 m/minuto;
- um steeple de 2.500 m, à velocidade mínima de 700 m/minuto;
- uma prova de salto de obstáculos, com 12 esforços, a uma altura máxima de 1,20m;
- uma prova de estrada de 70 km, à velocidade de 20 km/hora;
- uma prova de ensino, semelhante ás utilizadas em CCE, para melhor avaliar as qualidades mentais e motoras do animal;
- um exame clínico pormenorizado.

 

Esta selecção, que pensamos ser uma das mais duras realizadas no mundo, fez do Árabe português um animal de excepção, um cavalo robusto e belo que guardou todas as qualidades mentais e funcionais de outrora.

Provam-no a sua excepcional coragem, força e mobilidade na Corrida de Toiros à Portuguesa, onde encontramos estrelas como Avarento, Gramático, Gibrahime, Imoral, Jasmim, Urano, Valoroso, Xistre, etc., sem esquecer Larix Ben Soljana, que tanto publicitou o Árabe português em arenas espanholas.

Testemunham-no também campeões como Cejuba El Berana, Juxito, Ohxul Ben Biarritz, Reject Ibn Biarritz, Aicha Ibn Biarritz, Qkyjul Ibn Biarritz, Diniz Met Biarritz, etc., e os muitos títulos obtidos em modelo e andamentos e em provas desportivas: Campeão dos Campeões no México, Campeão dos Campeões no Brasil, Campeão dos Campeões em Espanha, seis vezes Campeões da Europa, cinco vezes Vice-campeões da Europa, duas vezes quintos em Campeonatos do Mundo, e, em França, varias vezes os maiores vencedores de corridas para PSA. Neste país, os filhos das éguas Oxylla Ben Biarritz e Nacayhr Ben Biarritz, Dunixi e Blaise (garanhões do Estado Francês), têm produzido de forma excepcional, fundando das mais ilustres linhas de cavalos PSA.

Enfim, é importante notar que muitos Puro Sangue Árabe com origem portuguesa, muitas vezes favoritos em Provas de Fundo, participaram com o maior êxito em provas para cavalos de todas as raças, tendo ganho ou obtido excelentes resultados em disciplinas olímpicas (onde raramente encontramos o Cavalo Árabe).

 Face a estes relevantes resultados, sob minha proposta como Presidente da Direcção do Stud Book do PSA (APCRS), e ouvidos os criadores, foi decidido por unanimidade recomeçar a organização de “Provas Testes de Selecção para Reprodutores” daquela raça. Contactei então o Dr. Mário Barbosa, Director da Coudelaria Nacional (Fonte Boa), que desde logo e com o maior entusiasmo nos prometeu toda a ajuda, pondo à nossa disposição as boas instalações desportivas daquele local.

 

As provas para cavalos e éguas de 3 e 4 anos foram realizadas de forma a não comprometer o futuro do animal e têm como finalidade a simples “indicação do valor do reprodutor”. Elas foram constituídas por uma prova de Ensino básico, uma prova de Cross (sem velocidade imposta, distância máxima 1200 metros, obstáculos naturais e francos – máximo 10 para os 3 anos e 12 para os 4 anos -), e uma prova de Modelo e Andamentos, não montada. As provas foram realizadas na ordem indicada neste parágrafo e, para “não forçar”, os cavalos de 3 anos não tinham obrigação de realizar todos os obstáculos do cross.

 

As provas para cavalos e éguas de 5 e 6 anos, também foram realizadas num só dia, eram “mais puxadas” e foram constituídas por:

- uma prova de Ensino, seguida por um Cross com um máximo de 1800 metros, 14 obstáculos simples e uma velocidade de 450 m/m;

- depois de um repouso de 2 horas, uma prova de Resistência de 40 km, a uma velocidade de 15 km/hora, seguida por uma prova de Modelo e Andamentos não montada.

 

Foi muito agradável assistir a estes testes, em que os concorrentes se mostraram de grande qualidade, surpreendendo todos os presentes. Aqui um trote de embevecer, ali um galope de amplitude exuberante, mais longe uma atitude sobre o obstáculo excepcional e, sempre, um carácter “de ouro”.

 

Foram galardoados com o título de Reprodutor Testado, reservado aos animais de 3 e 4 anos:

- Safira, fêmea de 3 anos, filha de Avarento e de Magica (Ba-Ião), criador João Nogueira Lopes Aleixo, proprietário João Nogueira Lopes Aleixo, cavaleiro Frederico Mexia de Almeida

- Safim, macho de 3 anos, filho de Irado II e de Gueixa (RR Magic Count), criador João Nogueira Lopes Aleixo, proprietário Rodrigo Larcher Gonçalves Rosa, cavaleiro João Salgueiro Lopes Aleixo

- Rodado, macho de 4 anos, filho de Diniz Met Biarritz e de Caia (Iranico), criador Coudelaria Nacional, proprietário Coudelaria Nacional, cavaleiro Tenente Fernandes.

 

Foi galardoado com o título de Reprodutor Elite, reservado aos animais de 5 e 6 anos:

- Quadrado, macho de 5 anos, filho de Diniz Met Biarritz e de Hima (RR Magic Count), criador Coudelaria Nacional, proprietário Coudelaria Nacional, cavaleiro Alferes Cordeiro

 

Enfim, não podemos terminar sem agradecer publicamente àqueles que acederam com entusiasmo aos pedidos de colaboração que lhes foram feitos. Entre outros, além da Coudelaria Nacional que nos recebeu, contámos com o apoio da Escola Superior Agrária de Santarém, da Escola Prática de Cavalaria, dos Juízes, dos Veterinários, e de todos os voluntários que para o efeito tanto trabalharam, entre os quais o Major Abel Matroca, o Eng. António Vicente, a monitora Sra. Mariana Gil e o Sr. Francisco Beja Duarte. Sem estes apoios, o recomeço destas importantes provas não teria sido possível. A todos o agradecimento dos criadores.

 

As Provas Testes de Selecção de Reprodutores PSA (que são talvez um exemplo a seguir por outras raças), serão realizadas todos os anos, na última semana de Outubro, na Coudelaria Nacional. Incontestavelmente, delas depende em grande parte o futuro do PSA nacional, que desejamos extremamente belo, com óptimo carácter e muito funcional, as principais características a preservar na mais importante e antiga das Raças.

Manuel Heleno


Legenda das fotografias

1 – Diploma oferecido aos titulares do título de “Reprodutor Elite”

 2 – Quadrado, macho de 5 anos, filho de Diniz Met Biarritz e de Hima (RR Magic Count), criador Coudelaria Nacional, proprietário Coudelaria Nacional, cavaleiro Alferes Cordeiro, “Reprodutor Elite”

 3, 4 e 5 – Rodado, macho de 4 anos, filho de Diniz Met Biarritz e de Caia (Iranico), criador Coudelaria Nacional, proprietário Coudelaria Nacional, cavaleiro Tenente Fernandes, “Reprodutor Testado”

 6 e 7- Safim, macho, 3 anos, filho de Irado II e de Gueixa (RR Magic Count), criador João Nogueira Lopes Aleixo, proprietário Rodrigo Larcher Gonçalves Rosa, cavaleiro João Salgueiro Lopes Aleixo, “Reprodutor Testado”

 8, 9, 10, 11, 12 e 13 - Safira, fêmea de 3 anos, filha de Avarento e de Magica (Ba-Ião), criador João Nogueira Lopes Aleixo, proprietário João Nogueira Lopes Aleixo, cavaleiro Frederico Mexia de Almeida, “Reprodutor Testado”

 

 

Voltar à página Imprensa            Retour a la page La Presse            Page The Press

 

Home Index